Receita Federal eleva limite do parcelamento simplificado

A Receita Federal aumentou o limite dos valores que podem ser incluídos no parcelamento simplificado. Antes eram permitidas dívidas de até R$ 1 milhão e agora esse teto está em R$ 5 milhões.

Trata-se de um dos programas regulares do governo. É oferecido o ano todo e possibilita ao contribuinte o pagamento de débitos previdenciários e tributários em até 60 parcelas. Essa medida é positiva para os contribuintes, especialmente porque não há previsão para um novo parcelamento especial.

Fonte: Valor